12 Curiosidades sobre o Mundo dos Emojis

Atualidade -

Após a comemoração do quarto aniversário do Dia Mundial do Emoji é notório observar a forma como estas emotivas figurinhas se envolveram na linguagem que usamos no digital, múltiplas vezes ao longo do nosso dia. De origem japonesa, o emoji é considerado uma representação gráfica pré-definida que transmite o significado de uma palavra ou expressão, de modo a exprimir emoções e estados de humor. Atualmente já “ninguém fica sem palavras”, ou sem resposta, pois haverá sempre um emoji perfeito para desenrascar a situação, certo?! Assim, tentámos recolher as melhores curiosidades sobre este mundo:
1. “Emoji” é diferente de “emoticon” pois o segundo consiste na utilização de carateres gráficos, gerados pelo teclado de um dispositivo, para representar emoções humanas. O primeiro “emotion icon” surgiu em 1982 quando Scott Fahlman sugeriu que a Universidade Carnegie Mellon utilizasse ícones como : ) e : ( para distinguir o humor dos anúncios da instituição;
2. Os primeiros emojis surgiram na década de 90 por Shigetaka Kurita, um dos membros da NTT DoCoMo, principal empresa telefónica do Japão, em imagens pictográficas criadas por carateres especiais. Hoje existem tantos que até há um dicionário, a Emojipedia, que ajuda a decifrar os seus significados;
3. Desde 2014 que se celebra, no dia 17 de julho, o Dia Mundial do Emoji pois foi nesse dia, em 2002, em que a Apple lançou o calendário iCal (primeira app da marca a possibilitar a linguagem emoji) e é a data no seu emoji calendário (no Twitter comemora-se a 15 de julho por ser o número presente no mesmo);
4. A palavra “emoji” foi incluída no dicionário Oxford em 2013 e o mesmo, em 2015, elegeu o emoji com lágrimas de alegria como Palavra Do Ano de 2015;
5. Alguns ícones alteraram-se devido a questões sociais: houve a adição de seis tons de pele diferentes nos emojis das expressões humanas; novos formatos de família, por exemplo, homossexuais; o emoji de pistola passou a pistola de água devido ao debate sobre a regulamentação das armas nos Estados Unidos, etc;
6. Dependendo do sistema operacional utilizado, os emojis podem ser representados por imagens diferentes: o emoji “dancer” tanto é uma moça com vestido de vermelho como num homem vestido aos anos 70, tipo John Travolta; e a carinha de raiva aparece em alguns sistemas com a expressão de um sorriso apesar de este ter sido criado para ser uma cara a “fazer uma careta”. Devido a estas diferenças de desenhos, ou pela ambiguidade das expressões, alguns emojis são utilizados com significado diferente do original, como o caso do “high-five” que é interpretado como duas mãos unidas em oração;
7. Há emojis que são utilizadas com sentido maldoso e com conotação sexual: a beringela e a banana são relacionados ao órgão genital masculino e o pêssego às nádegas;
8. O tão admirado emoji cocó foi utilizado para o topo do desenho do gelado e tem significados culturais diferentes: no Ocidente, Portugal incluído, é utilizado para mostrar desagrado e reprovação e no Japão transmite votos de boa sorte;
9. Os emojis dos três macacos ilustram o provérbio japonês “Não ver o mal, não ouvir o mal, não falar o mal”; o da cara de assustado e as mãos no rosto é uma homenagem ao quadro “O Grito”
de Edvard Munch; e o do livro aberto de capa azul tem parte da famosa campanha de publicidade da Apple Think Different, lançada no fim dos anos 90;
10. Os norte-americanos já podem pedir pizza via emoji, substituindo telefonemas por “tweets” na Pizaria Domino’s;
11. O Google apresentou este ano o jogo Caça ao Tesouro Emoji, baseado em inteligência artificial, onde mostra um emoji em específico e o jogador tem 20 segundos para apontar a câmara para o objeto real correspondente;
12. A nível mundial, os emojis mais utilizados são o com lágrimas de alegria, o que manda beijinho com um coração e o da cara apaixonada. Já em Portugal este último, o ícon do coração e o das palmas são os mais escolhidos no teclado. Em geral, a Google afirma que os bonecos felizes são cinco vezes mais usados que os tristes e que as variedades de corações são muito populares; e o Facebook que os corações foram duas vezes mais usados em relação ao ano anterior.

Por fim, se “uma imagem vale mais que mil palavras”, prepare-se que os ícones de super-herói, papagaio, canguru, lagosta, manga, alface, cupcake, olho grego e símbolo do infinito são alguns do emojis que a Apple afirma lançar brevemente, aumentando ainda mais as opções de figuras para comunicar no digital. Há quem seja contra o uso de emojis por reprimir a comunicação/diálogo entre as pessoas mas, na verdade, consideramos que são a linguagem universal que não precisa de um idioma, por isso escolha-os, envie-os e keep it simple and social! 😉


Partilhe a sua opinião