Voltar

Anúncios no YouTube: 3 erros comuns

O YouTube, segundo maior motor de busca do mundo, é uma excelente ferramenta de publicidade para aumentar a notoriedade do seu negócio.

anuncios youtube 5 erros comuns

O YouTube, que é atualmente a maior plataforma de partilha de vídeos online, deverá chegar aos 1,5 biliões de utilizadores em 2016, sendo desta forma uma das melhores ferramentas de publicidade online para as marcas.

Assim, a verdade é que marcas e marketers deverão ter consciência da importância do desenvolvimento correto da publicidade de vídeo no YouTube.

Porém, e apesar da maioria das marcas ter o seu próprio canal e fazer já os seus anúncios através do YouTube, continuam a ser cometidos alguns erros crassos que prejudicam o desempenho e sucesso das campanhas.

Vejamos, assim, os 3 erros mais comuns cometidos no desenvolvimento de anúncios no YouTube:

1) Não utilizar anúncios in-stream

Os anúncios in-stream são os anúncios “skippable” com duração de cinco segundos, que são vistos antes da visualização de um vídeo. Este tipo de anúncios é, sem dúvida, o mais eficaz caso o objetivo do anunciante seja aumentar o volume de vendas.

Caso o objetivo seja aumentar o reconhecimento da marca perante os utilizadores do YouTube, esta não é a melhor forma de anunciar, dada a curta duração dos clips de vídeo.

anuncios youtube 3 erros comuns

2) Inexistência de um vídeo criativo para a marca

A inexistência de um vídeo criativo para comunicar a marca através dos anúncios do YouTube compromete o sucesso das campanhas, uma vez que para captar a atenção dos espectadores é necessário um vídeo que os estimule e os faça confiar na marca ou empresa.

Os vídeos de animação são uma excelente forma de captar a atenção de qualquer tipo de espectador, sendo que são capazes de transmitir mensagens de forma divertida e menos cansativa para os utilizadores do YouTube.

3) Não utilizar as métricas para medir o sucesso das campanhas

Tal como noutro tipo de campanhas, também no YouTube, a análise e avaliação das métricas assumem um papel de destaque, que pode ser determinante para o sucesso das campanhas futuras.

A sua empresa ainda não está no YouTube? Não espere mais. Crie o seu próprio canal e partilhe vídeos alusivos à marca e aos produtos e serviços comercializados e obtenha melhores resultados de vendas.

 

Descubra outros artigos, como este, no nosso blog e acompanhe todas as novidades nas nossas redes sociais Facebook e Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados