Digital Influencers: A arma mais poderosa da Internet

Redes Sociais -

Já todos nós sabemos que a tecnologia comanda o mundo em que vivemos atualmente e, consequentemente, os negócios também têm vindo a sofrer da “febre” do mundo virtual. Enquanto que, em tempos remotos, as empresas gastavam fortunas em campanhas de marketing, de forma, a venderem produtos/serviços, hoje em dia, podem fazê-lo de forma muito mais simples e, acima de tudo, sustentada.

Como? Influenciadores digitais. Muito provavelmente já ouviu falar deles, somos alimentados por publicidade a diversas marcas todos os dias.

Então, o que são influenciadores digitais? Como o próprio nome indica, são pessoas que influenciam outras pessoas através de uma plataforma digital, ou seja, redes sociais. Esta nova profissão – sim já pode ser considerada uma profissão, visto que, os influenciadores são pagos pelo conteúdo divulgado – têm vindo a aumentar de forma astronómica no mercado.

Parece uma profissão fácil e sem grandes problemas, certo? Errado. Ser influenciador digital hoje em dia num mercado tão competitivo não é fácil. Aposto que se está a perguntar “Então mas afinal como é que eu posso ser influenciador digital?” Não há um manual de regras a seguir, muitos já são caras conhecidas dos portugueses, trabalham ou trabalharam na televisão, rádio etc. Outros surgem do anonimato e tem tanto ou mais sucesso que os anteriores.

A sorte, o momento certo, o hashtag certo influenciam e muito este processo. Todos nós somos potenciais influenciadores, o objetivo aqui passa por definirmos um público-alvo e alimentá-lo consoante os seus gostos e preferências. Imaginemos que o nosso público-alvo são adolescentes do sexo feminino que tenham um particular gosto por moda ou cosmética. A partilha constante de novos produtos que estejam em voga é merecedor de curiosidade por parte do público-alvo que vai ficar cada vez mais atento ao conteúdo publicado.

Um relacionamento de confiança e admiração vai surgir ao longo do tempo. É nesta altura que as marcas passam à ação! Especialistas fazem uma análise a essas pessoas que possuem uma larga legião de “fãs” ou seguidores, para que estas possam divulgar a marca e os seus produtos. Mas nem sempre o número de seguidores é fator decisivo. A identificação com marca e o posicionamento do suposto influenciador na internet é um fator crucial. Está provado que este ramo do marketing é extremamente mais eficaz que anúncios de Televisão ou Rádio. O alcance deste é mais do que aquele que podemos imaginar.

A voz de um digital influencer “master” é hoje considerada, a voz mais importante da internet.

No entanto, como tudo, cai em desuso. Acreditamos que num futuro a médio/longo prazo este negócio entre em declínio.

Motivo? Excesso de conteúdo. Somos constantemente bombardeados com publicidade, chegará a altura em que toda esta febre se tornará banal. A descredibilização face ao excesso de conteúdo também vai ser um fator relevante.

Posto isto, podemos concluir que esta foi e ainda é uma das armas mais poderosas no que toca ao crescimento da visibilidade das empresas.


Partilhe a sua opinião