Voltar

Páginas de Facebook, perfis pessoais e Grupos

Para muitos utilizadores, as diferenças entre as páginas, perfis e grupos no Facebook são um problema que pode causar alguma confusão.

perfis paginas grupos facebook

Com objetivos diferentes e funções igualmente distintas, os perfis, páginas e grupos da rede social Facebook podem deixar o utilizador confuso e com dúvidas sobre qual a melhor opção a seguir.

A verdade é que, qualquer uma das três opções tem funcionalidades específicas e propósitos diversos. Por essa razão, o fundamental é que o utilizador defina previamente e claramente qual o seu objetivo e só depois proceda à escolha propriamente dita.

Perfis pessoais:

Direcionados para utilizadores individuais, os perfis pessoais são, geralmente, de uma pessoa particular e têm como principal objetivo partilhar as suas informações, fotografias e experiências.

O uso que se faz de um perfil pessoal é não comercial e tendencialmente sumariza a história de vida do utilizador. O perfil pessoal é totalmente personalizável: desde a foto de perfil à foto de capa e resume toda a atividade numa timeline única.

O utilizador tem ainda acesso ao seu feed de notícias onde é disposta toda a atividade dos seus amigos, das páginas que gostou e ainda dos anúncios de Facebook Ads.

perfis grupos facebook

Páginas de marca:

Numa vertente mais comercial, o Facebook permite criar um género de timeline para organizações, marcas e negócios, cujo objetivo primordial é ajudar à divulgação da marca e estimular a partilha de atualizações com os respetivos consumidores e seguidores.

Apesar de qualquer utilizador poder criar uma página, apenas representantes oficiais ou gestores contratados podem gerir páginas de marca.

Nas páginas é possível visualizar estatísticas de performance e gerir fãs, publicações bem como mensagens. Estas ferramentas são uma mais valia quer para marketers quer para gestores de marca.

No caso de organizações e marcas que pretendam aumentar a sua notoriedade e base de fãs/seguidores, as páginas de Facebook são definitivamente a opção mais viável.

Grupos:

Nos dias que correm, o Facebook conta com mais de 500 milhões de utilizadores que integram grupos e diariamente centenas de grupos são criados.

Elaborados para utilizadores que tenham os mesmo interesses, ideologias, ou por e simplesmente queiram juntar um nicho de amigos, interajam e partilhem atualizações, informações e fotografias.

Os grupos no Facebook podem ser públicos, privados ou secretos, sendo que neste último caso apenas quem é convidado consegue presenciar e participar nas interações.

Quando os grupos são públicos ou privados, basta ir á página do grupo e fazer “join”. No caso dos grupos públicos, o utilizador é adicionado automaticamente, ao passo que nos grupos privados, é necessário ser o administrador a aprovar a dita “entrada”.

Na realidade, a rede social Facebook oferece aos utilizadores diversas plataformas de interação, sendo que a escolha mais adequada irá sempre depender do objetivo da interação.

Seja de utilizador para utilizador, marca para consumidor ou líder de opinião para seguidores, o Facebook tem sempre a melhor solução!

 

Descubra outros artigos, como este, no nosso blog e acompanhe todas as novidades nas nossas redes sociais Facebook e Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados