SEO Como Estratégia de Tráfego

O SEO (Search Engine Optimization) é uma das estratégias de geração de tráfego online para as marcas através de suportes online, como os websites ou blogs.

Voltar

O SEO (Search Engine Optimization) é uma das estratégias de geração de tráfego online para as marcas através de suportes online, como os websites ou blogs.

A verdade é que com o aparecimento das variadíssimas plataformas de social media, muitos foram os que deixaram de parte as campanhas e best pratices usadas para aplicar técnicas de SEO.

Contudo, e apesar das campanhas de marketing online que usam técnicas de SEO não serem a forma mais rápida de geração de tráfego para o website e blog, a sua correta implementação pode torná-las na principal fonte de aumento do volume de visitas, a partir dos motores de busca de forma duradoura.

A mecânica das estratégias de SEO não é, de todo, tarefa fácil, mas ainda assim existem algumas regras básicas que, se seguidas, impulsionam a posição do website ou blog nos motores de busca de forma orgânica, contribuindo para o aumento de tráfego dos mesmos.

Para facilitar esta tarefa, existem 5 regras básicas que devem obrigatoriamente ser seguidas em estratégias de SEO para aumentar a geração de tráfego:

1 – Escrever títulos para os motores de busca e para as pessoas

O título dos conteúdos publicados deve ser desenvolvido através da análise dos temas e palavras mais pesquisadas nos motores de busca, bem como da relevância que lhes é dada pelo próprio motor de pesquisa.

O título escolhido deve, assim, respeitar o ranking do motor de busca, mas deve também ser apelativo o suficiente para que os leitores o partilhem nas suas próprias redes sociais.

O desafio aqui é fazer com que, tanto os motores de busca como os visitantes, gostem dos títulos e, que os motores de busca os coloquem num ranking elevado, e que os visitantes se sintam dispostos a partilhá-los.

Assim, é importante que, tal como na escolha de keywords para os anúncios do Google Adwords, seja efetuada uma boa avaliação das pesquisas do público alvo, para que consiga ir ao encontro das suas expectativas.

2 – Qualidade vs quantidade

A verdade é que ainda muitos consideram que a quantidade de conteúdos publicados e de palavras constantes nesses conteúdos influenciam a forma como os motores de busca, e mesmo os visitantes, vêm o blog ou website, esquecendo o mais importante: a qualidade.

Todos os conteúdos publicados devem ser relevantes e de qualidade máxima, dado o mercado em que se inserem, uma vez que só assim serão partilhados e verão a sua classificação aumentada nos motores de busca.

A verdade é que a qualidade deve ser o centro do artigo, pois mais vale um artigo com 500 palavras e informações relevantes, do que um artigo com 2000 palavras que não satisfaça as expectativas dos leitores.

Assim, tanto a quantidade de conteúdos publicados como a sua extensão em número de palavras devem ser pensadas de forma a conferir a maior relevância possível ao conteúdo, não correndo o risco de ser cansativo para os leitores.

3 – Link Building

O link building é uma das ações mais importantes nas estratégias de SEO e a verdade é que existem inúmeras formas de o conseguir, porém, é importante obter Links de qualidade. Como?

  • Conseguir link building através de relações com outros blogs ou sites da área é uma das melhores formas de construir link building. Esta forma consiste na troca de links entre blogs, em determinados conteúdos publicados. Através desta relação é possível aumentar o tráfego para o blog e também os backlinks de ambos os intervenientes.
  • Partilhar conteúdos noutros blogs é outra das formas de gerar tráfego e construir esta política de link building. Contudo, é importante ter em conta que a partilha de conteúdo em demasia pode ser considerada spam e assim prejudicar todo o trabalho realizado até ao momento.

4 – Utilização de palavras chave corretas

A segmentação e utilização das palavras chave corretas é uma das fases mais importantes nas campanhas de SEO, impulsionando assim a geração de tráfego.

Antes de tudo, antes mesmo do desenvolvimento de qualquer conteúdo, tal como do título do mesmo, é necessário escolher as palavras chave mais pesquisadas pelo público alvo.

Contudo, é ainda importante que após a publicação do conteúdo, seja analisado o tráfego que obteve, com o intuito de saber se as palavras escolhidas estão realmente a resultar.

Caso contrário, é importante ter em mente que o conteúdo não é estanque e pode ser alterado caso existam palavras mais pesquisadas que se interliguem com o mesmo.

5 – Estar a par das atualizações do SEO

No mundo online, desde as redes sociais às campanhas de Google Adwords, passando pelas tendências de design e programação, tudo muda a uma velocidade estonteante, uma vez que os dados estatísticos permitem as mesmas adaptarem-se às necessidades do consumidor. O Search Engine Optimization não é exceção!

Por isso, é extremamente necessário que todos os profissionais ligados às campanhas de SEO se mantenham a par das suas mudanças e alterações para que continuem a elaborar as suas estratégias da melhor forma.

A verdade é que, tanto o Google como os restantes motores de busca, estão a trabalhar para melhorar os seus resultados de pesquisa, pois eles dependem da qualidade desses mesmos resultados para terem mais pesquisas por parte do público.

Esta constante batalha dos motores de busca obriga as marcas e companhias que querem alcançar as primeiras posições nos rankings de pesquisa dos motor de busca, a construir conteúdos de qualidade.

Podemos assim afirmar que os motores de busca e as técnicas de Search Engine Optimization serão sempre aliados.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Keep it simple and stupid.

Portugal 2020Vale Indústria 4.0