Search Engine Optimization – SEO em 10 passos simples

Para a maioria das pessoas o Search Engine Optimization é complicado. Contudo, existem 10 passos simples que impulsionam a estratégia de SEO sem grande complexidade.…

Voltar

Para a maioria das pessoas o Search Engine Optimization é complicado. Contudo, existem 10 passos simples que impulsionam a estratégia de SEO sem grande complexidade.

SEO em 10 etapas simplificadas

As estratégias de SEO são indispensáveis no desenvolvimento da presença online de todas as empresas e marcas.

A implementação destas mesmas estratégias pode parecer mais complexa do que é na realidade. Pois na realidade, o Search Engine Optimization funciona de forma flexível e pode ser implementado de formas diferentes, consoante a estratégia.

Assim, deixamos aqui 10 passos simples de um estratégia de Search Engine Optimization que vão influenciar a sua classificação nos motores de busca:

Passo 1: Configuração

Durante a fase de configuração inicial é necessário desenvolver uma base sólida para a sua estratégia, através de ferramentas como Google Analytics, Google Adwords e Google Webmaster Tools.

No caso do Google Analytics, este vai desempenhar um papel importante no que toca à análise e acompanhamento do comportamento dos utilizadores, quando visitam o website da empresa.

O Google Adwords é particularmente útil nas estratégias de SEO, devido à sua capacidade de pesquisa de palavras chave, tendo em conta que a construção de uma lista de keywords é uma das bases das estratégias de SEO.

Esta ferramenta permite que os marketers e empresas descubram o que o seu público alvo pesquisa na Internet, e assim definirem quais as keywords principais para atender a essas necessidades.

Por último, no caso do Google Webmaster Tools, permite que o website seja visto “pelos olhos do Google”, ou seja, aumenta a percepção das páginas de acordo com os links, as palavras chave, e os aspetos que precisam de ser melhorados.

Passo 2: Auditoria do Site

Atualmente o Google está a ficar cada vez mais exigente no que diz respeito à implementação de técnicas de SEO. Assim, é muitíssimo importante que o website esteja em conformidade com as guidelines da Google, para que possa ver a sua auditoria realizada.

Uma ferramenta extremamente completa que ajuda na verificação das guidelines é a Checklist Moz Site. Esta é sem dúvida uma ferramenta de confiança que desenvolve uma lista de verificação detalhada e permite examinar o conteúdo, a acessibilidade e a arquitetura do website.

Passo 3: Com ou sem WWW

Surpreendentemente uma parte muito importante do SEO depende dos três “w” colocados no URL dos websites.

Muitas pessoas acham ainda que estas três letras determinam se alguém pode ou não chegar ao website colocando o típico “www”. Contudo, esta denominação na verdade serve apenas para determinar a forma como os motores de busca vêm o website e os links para este direcionados.

A verdade é que não há uma forma correta, mas as empresas devem optar apenas por uma hipótese: com www ou sem www, porque se existirem dois locais diferentes a classificação do website pode ser seriamente danificada.

Passo 4: Pesquisa de palavra chave

Alguns especialistas vão longe quando afirmam que a pesquisa por palavras chave é a parte mais importante do SEO. E na verdade é complicado argumentar contra esta afirmação, porque existem inúmeras estatísticas a apoiá-la.

É impreterível que se invista no desenvolvimento de uma lista de palavras chave e que esta seja utilizada no desenvolvimento do website, com o intuito de fazer com que este se destaque de entre as milhões de pesquisas feitas no Google todos os dias.

SEO em 10 passos simples

Passo 5: Navegação e Arquitetura da Informação

A navegação no website é extremamente importante em termos de SEO. Em primeiro lugar é imperativo que os utilizadores se sintam confortáveis a navegar no site e que sejam capazes de encontrar a informação que lhes interessa.

Em segundo lugar, os motores de busca precisam de encontrar as conexões claras entre links e páginas individuais do próprio website, para que este obtenha uma classificação mais alta nos rankings dos motores de busca.

Para alcançar estes objetivos é necessário que seja construída uma arquitetura da informação adequada, ou seja, tem de ser feita uma organização dos conteúdos, por níveis, tendo em consideração a ligação e dependência entre os mesmos.

Existe uma velha máxima que diz que qualquer página do site tem que estar acessível no máximo com 3 cliques.

No caso de se tratar de um website e-commerce os produtos devem ser divididos por páginas e em categorias diferentes, devendo ser identificados com nomes úteis.

Passo 6 : Conteúdo On-Page

Também o conteúdo de qualidade e relevância é importante para aumentar a classificação do website nos motores de busca.

O novo algoritmo do Google dá atualmente mais enfâse à qualidade dos conteúdos. Contudo, é de evitar o keyword stuffing, ou seja, não devem ser repetidas inúmeras vezes as mesmas keywords, devendo em vez disso ser colocadas em locais específicos dos textos.

Passo 7: Meta Tags

Para compreender a importância das meta tags, ou seja, meta descriptions das páginas, devemos colocar-nos na ótica do utilizador.

Quando fazemos pesquisas no Google e recebemos inúmeros resultados, normalmente analisamos os que aparecem no topo da página lendo o título e a descrição que aparece imediatamente abaixo.

Assim, é importante que estas descrições sejam apelativas e demonstrem a importância da informação disponibilizada no website ou página do mesmo, com o intuito de atrair o visitante.

Passo 8 : Codificação

A codificação pode ser uma parte difícil na implementação de estratégias de SEO, sobretudo para as pessoas que não estão familiarizadas com o tema.

A verdade é que é necessário que o profissional responsável pela implementação da estratégia de SEO compreenda os robots.txt.

Em termos simples, os robots.txt funcionam como um arquivo que deve ser colocado no website para que os motores de busca saibam quais as páginas que devem, ou não, ser indexadas nas suas listagens.

Passo 9: Mapa do Site

Para obter a quantidade máxima de tráfego e visibilidade, o site deve ser indexado pelos motores de busca e estar presente em diretórios como o DMOZ, contudo, para que isto aconteça deve ser desenvolvido um mapa do site em HTML e XML .

Este sitemap é lido e analisado pelos motores de busca, de forma a conferir fiabilidade ao mesmo.

Passo 10: Off-Page

Além do trabalho necessário para desenvolver um bom website é também impreterível que sejam implementadas outras técnicas para captar a atenção dos visitantes.

Além do conteúdo bem escrito, dos infográficos, e da possibilidade de subscrição da newsletter da empresa, é necessário o desenvolvimento de uma estratégia de social media uma vez que as redes sociais são uma excelente forma de captação de tráfego.

A verdade é que a implementação de estratégias de SEO não é tarefa fácil e devem ser implementadas em conjunto com os profissionais mais indicados, uma vez que é destas estratégias que depende o aumento de tráfego para os websites.

Desta forma, não basta que as empresas desenvolvam a sua presença online, é também necessário que a trabalhem da melhor forma, aumentando a confiança dos utilizadores e por sua vez aumentando a sua posição nos rankings dos motores de busca.

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Keep it simple and stupid.

Portugal 2020Vale Indústria 4.0