Voltar

WhatsApp e App Viber adquiridas por gigantes

As app mobile compradas recentemente, por duas multinacionais do universo online, provam a necessidade extrema de investimento em marketing mobile.

Grandes apps a serem adquiridas

O marketing mobile é sem dúvida uma excelente forma de chegar aos consumidores, seja através dos serviços de envio de SMS, ou de outras formas de comunicação mobile, podendo mesmo falar-se da adaptação dos websites aos dispositivos mobile, através de responsive websites.

A crescente tendência de utilização dos dispositivos móveis, faz com que a necessidade de adaptação a estes dispositivos por parte das empresas seja emergente. A compra de aplicações mobile por parte da maior rede social do mundo, o Facebook, bem como por parte da empresa Rakuten (e-commerce), enfatizam essa necessidade.

No caso da aplicação Viber, reconhecido serviço de envio de mensagens e chamadas através da internet, esta foi recentemente adquirida pela gigante japonesa Rakuten, que atua na área do e-commerce na internet.

Já a app WhatsApp, que conta com mais de 450 milhões de utilizadores mensais, foi comprada pelo Facebook. A rede social tinha já adquirido, no início deste ano, a start-up indiana Little Eye Labs, que fornece análise de performance e ferramentas de monitorização e criação de aplicações Android.

A compra desta aplicação, que custou ao Facebook cerca de 13,8 mil milhões de euros, vem colmatar a necessidade da rede social satisfazer as necessidades dos utilizadores e sobretudo de abranger a sua comunidade.

Mark Zuckerberg, CEO da rede social, disse esta semana no Mobile World Congress 2014, em Barcelona, que “o WhatsApp é uma plataforma rara que tem o potencial para alcançar biliões de utilizadores.”

WhatsApp, a app mobile do momento, pretende oferecer aos seus utilizadores, além do serviço de envio de SMS gratuito já existente, o serviço gratuito de chamadas de voz.

Apesar da compra desta aplicação, a rede social Facebook, vai manter o seu serviço mobile – Facebook Messenger, contudo, com a plena consciência de que a sua utilização é mais significativa apenas nos EUA.

Se anteriormente o Facebook já era o maior repositório de dados pessoais, agora que detém também os contactos telefónicos via Whatsapp dos seus 450 milhões de utilizadores, está sem dúvida no topo do mundo.

E o que há de melhor para os marketeers que um grande repositório de contactos via internet e via mais privada como a SMS? Pois bem, esta é sem dúvida a grande vantagem desta compra.

As redes sociais continuam a apostar no desenvolvimento, com o intuito principal de continuar a estimular os seus fãs e sobretudo de se centrarem no universo que é o mobile marketing, este que vem solidificar a comunicação, através da maior abrangência dos canais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados