Voltar

O que verificar antes de lançar um website?

Lançar um website requer muita atenção e concentração. São os pormenores que fazem a diferença.

Lançar um website não é tarefa fácil, nem mesmo para os mais experientes profissionais de Marketing Digital.

Os websites são extremamente complexos. Há diversos pormenores que facilmente passam despercebidos tais como um link partido ou uma palavra com erros ortográficos.

No lançamento de um website há inúmeras situações que podem correr mal. Por exemplo, se por algum acaso não se testar o formulário de captura de dados, o administrador pode incorrer no risco de perder múltiplas leads (clientes potenciais) de uma só vez.

Ou pior ainda, se por lapso não se criar um correto redirecionamento do site, os visitantes poderão encontrar uma mensagem a dizer “página não encontrada”.

Para evitar preocupações desnecessárias, aqui fica uma checklist que ajuda ao correto lançamento de um novo website. A lista está agrupada em 7 categorias: conteúdo de página, design, funcionalidade, SEO, técnicas analíticas, segurança e backups e compliance.

Conteúdo de Página

1) Verificar se o conteúdo do website foi devidamente revisto, por forma a não passar despercebido nenhum erro ortográfico ou gramatical;

2) Verificar os parágrafos, cabeçalhos, rodapés, listas e outro tipo de formatações;

3) Verificar se as datas (provavelmente integradas no rodapé) incluem o ano em vigor;

4) Verificar se os detalhes de contacto estão corretos e atualizados em todo o website;

5) Verificar se o conteúdo genérico, como o Iorem ipsum, foi corretamente removido e substituído;

6) Verificar se as imagens estão corretamente colocadas, formatadas e a funcionar em todos os dispositivos;

7) Verificar se os vídeos estão corretamente colocados, formatados e a funcionar em todos os dispositivos;

8) Verificar se os ficheiros de audio estão corretamente colocados, formatados e a funcionar em todos os dispositivos;

9) Verificar se o conteúdo premium como os case studies, ebooks e whitepapers foram devidamente revistos, por forma a não passar despercebido nenhum erro ortográfico ou gramatical.;

10) Verificar se o conteúdo premium como os case studies, ebooks e whitepapers estão corretamente armazenados nas respetivas bibliotecas e bases de dados, e se estão a funcionar corretamente;

11) Verificar se os direitos de imagem, font, e outros conteúdos, foram devidamente licenciados e/ou citados.

Design 

1) Verificar se as páginas do website são compatíveis com os vários browsers (IE 7 8, 9 e 10, Firefox, Chrome, Safari);

2) Verificar se as páginas do website são compatíveis com os vários dispositivos (Android, iPhone e tablers);

3) Verificar se o CSS/HTML está devidamente validado;

4) Verificar se os Scripts estão otimizados em todas as páginas web;

5) Verificar se as imagens estão otimizadas em todas as páginas web;

6) Verificar se o CSS está otimizado em todas as páginas web;

7) Verificar se o Favicon está no sítio certo e a fazer o render devidamente;

8) Verificar se os vários estilos de parágrafo estão a funcionar corretamente (cabeçalhos, listas, citações em bloco).

Funcionalidades

1) Verificar se os formulários estão a submeter os dados corretamente;

2) Verificar se aparece uma mensagem de agradecimento ou outra é exibida na página, assim que o formulário é submetido;

3) Verificar se os formulários de dados estão a ser enviados via email para os destinatários ou se estão a ser armazenados na base de dados da empresa;

4) Verificar se as respostas automáticas estão a funcionar convenientemente (se aplicável);

5) Verificar se os links internos estão a funcionar devidamente em todas as páginas web;

6) Verificar se os links externos estão a funcionar devidamente em todas as páginas web e se estão a surgir numa nova tab;

7) Verificar se os ícones de partilha para as redes sociais estão a funcionar corretamente;

8) Verificar se os Feeds estão a funcionar corretamente (RSS, notícias, redes sociais);

9) Verificar se o logo está associado à homepage;

10) Verificar se o load time para as páginas do site está otimizado;

11) Verificar se o redirecionamento 404 das páginas está no sítio certo (page-not-found.aspx);

12) Verificar se a integração de ferramentas como o CRM, e-commerce, software e/ou plataforma de marketing, está a ocorrer sem problemas.

SEO

1) Verificar se as páginas têm títulos únicos (menos de 70 caractéres, tem que incluir keywords);

2) Verificar se as páginas têm meta descriptions únicas (menos de 156 caractéres, tem que incluir keywords);

3) Verificar se as páginas têm keywords (menos de 10, todas as palavras têm que aparecer na page copy);

4) Verificar se a metadata está devidamente preparada para qualquer conteúdo num feed RSS;

5) Verificar se a metadata está devidamente preparada para qualquer conteúdo partilhado pelas redes sociais;

6) Verificar se toda a ortografia e gramática da metadata está correta;

7) Verificar se todas as tags foram adicionadas a todas as imagens;

8) Verificar se um dynamic XML sitemap foi criado;

9) Verificar se o XML sitemap foi enviado para todos os motores de busca;

10) Verificar se as URLs refletem consistentemente a informação contida  no site;

11) Verificar se os redirecionamentos 301 estão devidamente colocados em todas as URLs antigas (redirecionando das páginas antigas para as novas);

12) Verificar se os rel=”nofollow” tags estão devidamente colocados nos links e páginas em que devem ser aplicados.

Técnicas Analíticas

1) Verificar se os códigos analíticos foram devidamente inseridos no website;

2) Verificar se os endereços IP relevantes foram excluídos das pesquisas analíticas;

3) Verificar se os objetivos e funis foram devidamente criados no software analítico (se aplicável);

4) Verificar se as contas Google Webmaster e Google Analytics foram devidamente sincronizadas;

5) Verificar se as contas de Google AdWords e Google Analytics foram devidamente sincronizadas (se aplicável).

Segurança e Backups

1) Verificar se estão instalados scripts que fazem uma monitorização 24 horas por dia, sete dias por semana;

2) Verificar se o copy do website final foi criado com o propósito de servir como backup;

3) Verificar se estão a ser criadas constantemente cópias do website e se as mesmas estão a ser sempre armazenadas;

4) Verificar se as passwords do website e outras credenciais estão guardadas numa base de dados segura.

O intuito desta lista é facilitar e agilizar o processo de criação e lançamento de um website bem como dar a conhecer uma série de estratégias para a web, por forma a que todos os profissionais da area vejam as suas dúvidas esclarecidas e consigam rentabilizar ainda mais o seu negócio.

 

Descubra outros artigos, como este, no nosso blog e acompanhe todas as novidades nas nossas redes sociais Facebook e Instagram!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados